UAI
Publicidade

Estado de Minas YANGON

Corte de Mianmar rejeita pedido de recurso da condenação de Aung San Suu Kyi


04/05/2022 10:40

Um tribunal da junta militar de Mianmar recusou, nesta quarta-feira, um recurso da líder civil deposta, Aung San Suu Kyi, da pena de cinco anos de prisão por corrupção imposta na semana passada, anunciou uma fonte próxima ao caso.

A apelação do veredito, apresentada pela equipe da Prêmio Nobel da Paz, foi "sumariamente recusada", disse a fonte.

Aung San Suu Kyi, de 76 anos, foi condenada a mais cinco anos de prisão com base na lei anti-corrupção na semana passada, durante um processo denunciado como político pela comunidade internacional.

Ela já havia sido condenada a seis anos de prisão por incitação contra os militares, por violar as regras contra o covid-19 e contrariar uma lei de telecomunicação.

Ela está detida desde o golpe de Estado militar de 1º de fevereiro de 2021, que acabou com uma década de transição democrática em Mianmar.

Suu Kyi e acusada por várias supostas infrações (violação de uma lei sobre os segredos de Estado que data da época colonial, fraude eleitoral, sedição, corrupção e outros) e corre o risco de ser condenada a décadas de prisão.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade