UAI
Publicidade

Estado de Minas CIDADE DA GUATEMALA

Guatemala desbarata rede que transportou migrantes assassinados no México


28/01/2022 21:32

A Guatemala anunciou nesta sexta-feira (28) ter desbaratado uma rede de traficantes de seres humanos apontada como suposta responsável por ter transportado ilegalmente 15 guatemaltecos migrantes que foram mortos no México em 2021 enquanto tentavam chegar aos Estados Unidos.

O grupo, denominado "Los Coronado", foi desmantelado após várias buscas no município indígena de Comitancillo, no oeste do país, nas quais foram detidas dez pessoas, acusadas de integrar a rede de tráfico, disse a jornalistas Stuardo Campo, chefe da Promotoria contra o Tráfico Ilegal de Migrantes.

Entre os detidos está um dos supostos líderes da rede de "coiotes", como são chamados os traficantes, enquanto outro dos supostos chefes, um ex-prefeito de Comitancillo, está foragido juntamente com outras cinco pessoas, acrescentou Campo.

A maioria dos detidos foi levada para a capital após a operação, que contou com o apoio de agentes do Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos.

Em 22 de janeiro de 2021, os corpos de 19 pessoas foram encontrados carbonizados em uma estrada do município mexicano de Camargo, estado de Tamaulipas, fronteiriço com os Estados Unidos e castigado há anos pelo crime organizado.

Das vítimas, 16 eram guatemaltecas e outras três de origem mexicana. No grupo de centro-americanos, 15 eram migrantes e um era o guia ou "coiote", pertencente à rede desmantelada nesta sexta.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade