UAI
Publicidade

Estado de Minas MOSCOU

Forças lideradas pela Rússia concluem retirada do Cazaquistão


19/01/2022 06:58

As forças lideradas pela Rússia concluíram, nesta quarta-feira (19), sua retirada do Cazaquistão, para onde foram enviadas para apoiar o governo em exercício, em meio a violentos distúrbios no país - informaram as agências de notícias russas, citando o chefe da missão.

"A operação de manutenção da paz (...) no território da República do Cazaquistão terminou", disse Andrei Serdyukov, chefe da missão da Organização do Tratado de Segurança Coletiva (OTSC), uma aliança militar liderada por Moscou que interveio a pedido do governo cazaque.

Citando o Ministério russo da Defesa, as agências relataram que "quatro aviões de transporte de tropas russas com soldados decolaram dos aeroportos de Nur Sultan e Almaty", no Cazaquistão.

Estes aviões "transportam as últimas unidades" e seus responsáveis, segundo o ministério.

A retirada coincide com o fim do estado de emergência instaurado no país, após as manifestações organizadas contra um aumento do preço da energia.

As autoridades locais acusaram "terroristas" treinados no exterior de organizar esses distúrbios, o que lhe permitiu solicitar ajuda à OTSC.

O contingente era composto por 2.030 militares russos, bielorrussos, armênios, tadjiques e quirguizes. O balanço oficial dos distúrbios no Cazaquistão é de 225 mortos e mais de 12.000 pessoas detidas.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade