UAI
Publicidade

Estado de Minas BRUXELAS

Premiê belga diz que declarações polêmicas de Macron não são seu vocabulário


08/01/2022 10:03

O primeiro-ministro belga Alexander de Croo declarou que prefere "irritar o vírus" e não as pessoas, em alusão às polêmicas declarações do presidente francês Emmanuel Macron sobre os não vacinados, segundo uma entrevista publicada neste sábado (8) pelo jornal Le Soir.

"Claramente, esse não é o meu vocabulário", disse o dirigente belga ao ser questionado sobre as declarações desta semana do presidente francês, que afirmou que deseja "irritar até o fim" os não vacinados em sua luta contra a covid-19.

De Croo alertou sobre o fato de aplicar "uma política de divisão que consiste em incomodar uma parte da população".

"Acredito que devemos irritar o vírus e não as pessoas", acrescentou, reconhecendo, porém, que para "irritar o vírus, é preciso vacinar a maior parte das pessoas".

Macron causou muito alvoroço na quarta-feira pelas suas declarações.

Na sexta-feira, o presidente declarou que assume "completamente" suas afirmações e criticou novamente aqueles que não se vacinaram, afirmando que "fazem da sua liberdade, transformada em irresponsabilidade, um slogan".


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade