UAI
Publicidade

Estado de Minas VARSÓVIA

Milhares protestam contra lei de regulação da mídia na Polônia


19/12/2021 20:10

Milhares de pessoas protestaram em frente ao palácio presidencial polonês neste domingo (19) contra uma nova lei dos meios de comunicação que, segundo seus críticos, visa silenciar o principal canal de notícias independente do país.

"Mídia livre!", "Queremos o veto!", gritavam os manifestantes, agitando bandeiras da União Europeia e pedindo ao presidente Andrzej Duda que não sancionasse a lei.

"Precisamos de liberdade de expressão", disse Emilia Zlotinska, de 38 anos. "Gostaria que o presidente não assinasse (a norma)", acrescentou.

Jornalistas e figuras da oposição, como o ex-presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, se dirigiram à multidão.

"Estamos aqui hoje em defesa da imprensa livre. Quando nos unirmos em solidariedade, vamos vencer. Juntos, vamos varrer este governo", declarou Tusk, que agora lidera o partido Plataforma Cívica.

Houve protestos semelhantes em toda a Polônia.

Na sexta-feira, o Parlamento polonês aprovou de surpresa a polêmica lei. De acordo com a oposição, sua aprovação ocorreu sob violação das regras parlamentares e do direito.

A medida visa impedir que empresas que não pertencem ao Espaço Econômico Europeu tenham uma participação majoritária em conglomerados de mídia poloneses.

Isso poderia forçar o grupo americano Discovery a vender a maior parte de suas participações na rede de televisão privada TVN24, crítica ao poder.

O governo argumenta que a lei protegerá o cenário midiático de atores potencialmente hostis como a Rússia.

Em vez disso, os Estados Unidos disseram estar "profundamente preocupados" com o texto e alertaram sobre seu potencial impacto na liberdade de imprensa. Também pediram ao presidente Duda que vetasse a norma.

DISCOVERY COMMUNICATIONS


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade