UAI
Publicidade

Estado de Minas PONIKLÁ

Decorações de Natal artesanais tchecas: uma história de amor que se tornou patrimônio da Unesco


16/12/2021 14:14

Quando o Natal se aproxima, dezenas de clientes correm para comprar enfeites de contas de vidro soprado em forma de estrelas, anjos, bonecos de neve ou Papai Noel, feitos por uma pequena empresa de Poniklá, no norte da República Tcheca.

No ano passado, a "produção artesanal de enfeites de Natal a partir de contas de vidro sopradas" foi inscrita na lista do patrimônio cultural imaterial da Unesco.

Essa prática só sobreviveu em Poniklá, cuja tradição local tem suas raízes em uma história de amor do século XIX.

"Um certo senhor Hajna se apaixonou por uma criada local, eles se casaram e trouxeram com eles as bases do artesanato para Poniklá", explica Marek Kulhavy, dono da fábrica Rautis, a única que resta no país.

Stanislav Horna abriu a fábrica Rautis em 1902 para produzir enfeites sofisticados para roupas e fantasias. A empresa conseguiu se manter funcionando mesmo quando um ato de espionagem a forçou a se reorientar para as decorações de Natal.

"Na década de 1920, um grupo de espiões industriais japoneses disfarçados de turistas copiou o processo e começou a produzir suas próprias pérolas, tomando os mercados do leste", contou Kulhavy à AFP.

Em 1948, todas as fábricas de vidro do país foram nacionalizadas quando os comunistas tomaram o poder na antiga Tchecoslováquia. A empresa se beneficiou paradoxalmente, já que os comunistas limitaram a fabricação de contas de vidro soprado à cidade de Poniklá.

Pouco depois da queda do regime comunista em 1989, o pai de Kulhavy comprou a fábrica, que atualmente emprega 50 pessoas.

A produção começa com um tubo de vidro, que é aquecido e soprado em um dos mais de mil moldes diferentes.

O tubo é folheado por dentro com uma solução específica e depois tingido por fora, antes de ser cortado, amarrado com barbante e transformado em decoração de Natal.

"Algumas pérolas são tratadas por um pintor. Por exemplo, cabeças de anjo precisam de detalhes pintados", explica Kulhavy.

O mercado tcheco é fundamental, mas as decorações Poniklá também são enviadas para Áustria e Alemanha, entre outros países europeus, além de Japão e Estados Unidos.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade