UAI
Publicidade

Estado de Minas PARIS

Com 'Halo Infinite', Microsoft quer revitalizar franquia


06/12/2021 10:28

Vinte anos após o primeiro videogame "Halo", a Microsoft espera aumentar as vendas de sua última geração de consoles Xbox e revitalizar sua série de ficção científica militar com o lançamento de um novo episódio na quarta-feira (8).

"Halo Infinite", para consolas e PC, revive as aventuras do Master Chief, que continua equipado com sua armadura futurística e seu arsenal de armas pesadas, envolvido num conflito interestelar que se desenrola no século XXVI.

O jogo é extremamente importante para "todo o ecossistema do Xbox", diz Mat Piscatella, da consultoria NPD Group.

"O lançamento é importante para os novos consoles, mas não só", diz este especialista do setor, observando que a Microsoft também tem como alvo a enorme comunidade que usa serviços de jogos sob demanda via nuvem.

A gigante americana conta com "Halo Infinite" para recuperar parte do terreno perdido para a Sony. Os dois grupos lançaram seus últimos consoles com poucos dias um do outro, em novembro de 2020.

De acordo com dados da Ampere Analysis, a fabricante japonesa vendeu 12,8 milhões de PlayStation 5 até o final de setembro, quase o dobro dos 6,7 milhões de Xbox Series X e S vendidos até a mesma data.

O Switch da Nintendo, lançado em 2017, vendeu quase 90 milhões de unidades.

- Atrasos -

Inicialmente previsto junto com o lançamento do último Xbox, "Halo Infinite", desenvolvido pelo estúdio 343 Industries, teve seu lançamento adiado várias vezes.

O motivo foram os atrasos causados pela pandemia, mas também os comentários negativos e piadas após a publicação, em julho de 2020, de um vídeo do game cujos gráficos foram considerados ruins por muitos jogadores.

O estúdio 343 Industries revisou seu trabalho e surpreendeu os fãs ao oferecer uma versão de teste gratuita em 15 de novembro, o aniversário do lançamento do primeiro Xbox e de "Halo: Combat Evolved".

"Minha primeira impressão é que o jogo é semelhante e muito diferente de outros jogos Halo, o que para mim é um equilíbrio perfeito", diz Jenn, uma jogadora profissional conhecida como Queen x3.

Como muitos streamers no Twitch e em plataformas de jogos, a americana de 28 anos gosta especialmente do lado competitivo da série.

"Halo" conquistou milhões de fãs e revolucionou o gênero de jogos de tiro em primeira pessoa.

Joshua "Mash" Mashlan, que treina jogadores profissionais de "Halo" para torneios de e-sports, descobriu a saga com o segundo jogo, lançado em 2004.

"Quando 'Halo 2' foi lançado, havia anúncios nos outdoors na Times Square e as pessoas faziam fila nas ruas", lembra o jovem de 28 anos.

Entre todos os jogos, a série vendeu 81 milhões de cópias, disse a Microsoft em 15 de novembro.

No dia de seu lançamento, a versão beta de "Halo Infinite" reuniu mais de 270.000 jogadores simultaneamente, de acordo com o banco de dados SteamDB.

Sua popularidade se espalhou para além dos videogames, com romances, quadrinhos, filmes e uma série de televisão em desenvolvimento, co-produzida por Steven Spielberg.

MICROSOFT

NINTENDO

SONY


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade