UAI
Publicidade

Estado de Minas INTERNACIONAL

OCDE: covid-19 segue sendo maior ameaça à recuperação da América Latina


02/12/2021 21:28

A covid-19 segue sendo maior ameaça à recuperação da América Latina, na medida em que pode haver um aumento de contágios e a vacinação tem dificuldade para se desenvolver, avalia a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Em relatório, o organismo pontua que, por outro lado, as maiores oportunidades de uma expansão do crescimento na região vem de um potencial aumento na demanda em parceiros importantes, como União Europeia, China e Estados Unidos.

A OCDE espera uma recuperação em velocidades diferentes na região, mas que o PIB per capita, na média, esteja no nível pré-crise entre 2023 e 2024. Segundo o relatório, a alta internacional das commodities pode ajudar os exportadores da região, no entanto, a pandemia mostrou que há problemas no comércio, especialmente com parceiros extra-regionais. Para a organização, resolver tais questões e aumentar a competitividade pode apresentar oportunidades aos latino-americanos.

Para a OCDE, a incerteza sobre a liquidez global para mercados emergentes permanece, e alguns países da América Latina devem seguir com acesso restrito aos mercados globais de capital, o que os torna dependente de organizações multilaterais e credores privados para financiar sua recuperação.

A política fiscal deverá seguir tendo um papel importante na recuperação da região, avalia o relatório. O uso de políticas de gastos e a questão tributária, assim como reformas fiscais, deverá ser utilizado de forma coordenada, buscando aumentar o nível de satisfação com os serviços públicos e a confiança nos impostos, segundo a OCDE.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade