UAI
Publicidade

Estado de Minas HONG KONG

Jornal Apple Daily, de Hong Kong, leva 'Caneta de Ouro' da liberdade de imprensa


02/12/2021 12:01

O magnata da imprensa Jimmy Lai, detido em Hong Kong, recebeu na quarta-feira (1º) o prêmio à liberdade de imprensa da "Caneta de Ouro" junto à equipe de seu jornal pró-democracia Apple Daily, que foi fechado.

Lai e outros dirigentes do Apple Daily, um tabloide muito crítico a Pequim, foram detidos na primavera por "conspiração com elementos externos para colocar em risco a segurança nacional", em nome da drástica lei de segurança nacional.

As autoridades rejeitam o jornal -- que fechou em junho depois que seus ativos foram congelados -- ter pedido sanções internacionais contra Hong Kong.

A "Caneta de Ouro" é concedida anualmente desde 1961 a importantes defensores e promotores da liberdade de imprensa. O prêmio é concedido pela Associação Mundial de Jornais e Editoras (Wan-Ifra, nas siglas em inglês).

A entrega do prêmio a Lai e sua equipe ilustra "os temores e desafios" enfrentados pelos jornalistas de Hong Kong hoje", declarou Warren Fernández, presidente do Fórum Mundial de Editores.

"A prisão de um editor, a detenção de um diretor e de seus colegas, o fechamento de uma redação: o prêmio Caneta de Ouro 2021 reconhece e reflete sobre tudo isso", disse Fernández na cerimônia virtual de entrega dos prêmios na quarta-feira.

A Lei fundamental - a miniconstituição de Hong Kong em vigor desde 1997- garante a liberdade de expressão na ex-colônia britânica. Mas a liberdade de imprensa está diminuindo desde que a China tentou aumentar seu controle da cidade após os protestos em massa e geralmente violentos de 2019.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade