UAI
Publicidade

Estado de Minas LIMA

Terremoto na selva do Peru deixa mais de 2 mil afetados e 117 casas destruídas


29/11/2021 15:03

Um terremoto no Peru afetou mais de 2.000 pessoas, deixou 12 feridos, além de destruir 117 casas cinco igrejas, informaram as autoridades nesta segunda-feira(29). O tremor de magnitude 7,5 sacudiu o norte do país no domingo.

"Até o momento, registramos 2.412 pessoas afetadas, 117 casas destruídas e 12 feridos", disse Miguel Yamasaki, diretor de Defesa Civil, ao atualizar o balanço de danos.

Ele acrescentou que um posto de saúde também foi afetado, assim como mais de 1,5 quilômetros de estradas.

O terremoto foi registrado às 5h52, horário local (7h52, em Brasília), com epicentro 98 quilômetros a leste de Santa María de Nieva, na região amazônica, a uma profundidade de 131 quilômetros, segundo o Instituto Geofísico Local.

A grande profundidade do terremoto fez com que a onda de choque fosse maior e afetasse quase metade do país, incluindo Lima, 1.000 km ao sul do epicentro.

"Não queremos ter consequências trágicas", disse o presidente peruano Pedro Catillo, que inspeciona a área afetada pelo segundo dia desta segunda-feira.

O último terremoto de grande magnitude e trágicas consequências ocorreu no porto de Pisco (200 km ao sul do Peru) em 15 de agosto de 2007, com 7,9 graus e 595 mortos.

O presidente indicou que ainda existem "pessoas à espera de serem resgatadas", às quais o governo fornecerá alimentos e tendas.

O Peru é sacudido a cada ano por pelo menos 400 terremotos perceptíveis, pois está localizado no chamado Círculo de Fogo do Pacífico, uma área de extensa atividade que se estende ao longo da costa oeste do continente americano.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade