UAI
Publicidade

Estado de Minas BOGOTÁ

Guterres pede cessar-fogo 'incondicional e imediato' na Etiópia


24/11/2021 19:23 - atualizado 24/11/2021 19:27

O secretário-geral da ONU, António Guterres, pediu nesta quarta-feira (24), na Colômbia, um cessar-fogo "incondicional e imediato" na Etiópia, onde o governo e forças rebeldes da região do Tigré travam uma sangrenta guerra pelo poder há um ano.

"O processo de paz na Colômbia me inspira a fazer hoje um apelo urgente aos protagonistas do conflito na Etiópia de um cessar-fogo incondicional e imediato para salvar o país", afirmou Guterres ao fim de um discurso na sede do governo colombiano.

O cessar da conflagração ajudaria "à estabilidade da região", acrescentou Guterres.

O conflito entre as forças etíopes, lideradas pelo primeiro-ministro Abiy Ahmed, e membros da Frente de Libertação do Povo do Tigré (TPLF) deixou milhares de mortos e mais de dois milhões de deslocados, segundo a ONU.

Governos estrangeiros têm pedido que seus cidadãos deixem o país africano em meio a temores de que os rebeldes possam avançar para a capital, Adis Abeba. As Nações Unidas determinaram na terça-feira a saída de seus funcionários.

O secretário-geral da ONU visita Bogotá por ocasião dos cinco anos do acordo de paz de 2016, que desarmou a guerrilha das Farc após meio século de conflito, que deixou milhares de mortos, mutilados, sequestrados e desaparecidos.

Guterres costuma apresentar a experiência colombiana como um "exemplo mundial".


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade