UAI
Publicidade

Estado de Minas LOS ANGELES

Três suspeitos interrogados por roubo na Califórnia


23/11/2021 21:22

Três pessoas foram interrogadas nesta terça-feira (23) por suspeita de participação em um roubo na Califórnia, o mais recente de uma série de ações violentas no estado, às vezes envolvendo dezenas de pessoas.

Pelo menos 20 pessoas em quatro veículos participaram de um assalto a uma loja na segunda-feira em Los Angeles, nos Estados Unidos, quebrando uma vitrine com um martelo e levando roupas masculinas.

Quando a polícia chegou ao local, o grupo se separou. Um dos veículos foi seguido por patrulhas de alta velocidade nas rodovias da cidade. A perseguição continuou a pé e terminou com policiais prendendo três pessoas.

O ataque ocorreu após duas tentativas semelhantes de roubar vitrines das lojas Louis Vuitton e Saks Fifth Avenue em Beverly Hills no domingo.

No sábado, cerca de 80 pessoas armadas roubaram outra loja em Walnut Creek, perto de São Francisco, levando um carregamento de roupas e bolsas.

A polícia local disse que foi "um evento claramente planejado", de acordo com o San Francisco Chronicle.

Gangues de ladrões atacaram outras lojas na área da Baía de São Francisco no fim de semana. Vídeos nas redes sociais mostram homens mascarados saindo de uma loja da Louis Vuitton com o que parece ser uma mercadoria roubada, e policiais prendendo um homem enquanto outros escapam.

Na vizinha Oakland, gangues atacaram as vendas de maconha e atiraram em policiais quando confrontados.

"Nossas informações de inteligência indicam que se trata de vários grupos que juntos realizam esses roubos", disse o chefe de polícia de Oakland, LeRonne Armstrong, citado pelo San Francisco Chronicle, acrescentando que os roubos poderiam ser orquestrados por meio de redes sociais.

Apesar da visibilidade dos roubos, estatísticas do Departamento de Justiça da Califórnia mostram que o crime no estado está em níveis historicamente baixos.

No entanto, os relatórios sugerem que as agressões aumentaram em 2021 em comparação com o ano anterior, quando se acredita que as restrições à pandemia reduziram várias categorias de crimes.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade