UAI
Publicidade

Estado de Minas NAIRÓBI

ONU vai retirar da Etiópia famílias de seus funcionários internacionais


23/11/2021 14:05 - atualizado 23/11/2021 14:14

As Nações Unidas vão retirar até 25 de novembro as famílias de seus funcionários internacionais da Etiópia, onde os combates avançam em direção à capital - informa um documento oficial datado de segunda-feira (22) e consultado pela AFP nesta terça (23).

Neste documento interno do Serviço de Segurança das Nações Unidas, pede-se a organização que "coordene a retirada e se garanta que todos os familiares do pessoal contratado no exterior que reúnam os requisitos necessários deixem a Etiópia no mais tardar em 25 de novembro de 2021".

Também nesta terça-feira, a França se juntou à lista de países que recomenda a seus cidadãos que deixem a Etiópia, onde a guerra, iniciada na região do Tigré, atinge o norte do país há mais de um ano.

"É feito um apelo formal a todos os cidadãos franceses para que deixem o país sem demora", disse a embaixada francesa em Adis Abeba em um e-mail enviados a todos os membros da comunidade francesa.

O Reino Unido e os Estados Unidos, entre outros, pediram aos seus cidadãos que deixassem este país no Chifre da África, onde a comunidade internacional não consegue negociar um cessar-fogo.

O secretário de Estado americano, Antony Blinken, alertou recentemente que a Etiópia poderia "implodir" se uma solução política para o conflito não for encontrada.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade