UAI
Publicidade

Estado de Minas WASHINGTON

Veículo invade parada natalina no Wisconsin e deixa 5 mortos e 40 feridos


22/11/2021 14:42 - atualizado 22/11/2021 14:43

As autoridades do Wisconsin, norte dos Estados Unidos, investigam nesta segunda-feira as circunstâncias nas quais um veículo avançou no domingo contra uma multidão que acompanhava um desfile de Natal em Waukesha, uma tragédia que deixou cinco mortos e 40 feridos.

O número de pessoas hospitalizadas aumenta o medo de um aumento de vítimas após este incidente, que aconteceu no domingo pouco depois das 16H30 locais (19H30 de Brasília), durante o desfile anual de Natal em Waukesha, subúrbio de Milwaukee.

De acordo com a CNN, que cita fontes policiais, os investigadores não estabeleceram nenhuma ligação terrorista e o Departamento de Segurança Interna sugere, em nota obtida pelo canal ABC, que "o motorista talvez fugia de uma cena de crime anterior" quando avançou contra o desfile.

"Podemos confirmar que cinco pessoas morreram e 40 estão feridas. Porém, estes números podem mudar à medida que coletamos mais informações", afirmou a polícia da cidade de Waukesha em um comunicado. Uma pessoa foi detida.

O jornal local Milwaukee Sentinel Journal diz que o suspeito foi identificado como Darrell Brooks Jr, um homem de 39 anos da cidade de Milwaukee.

Segundo o jornal, Brooks já foi acusado três vezes em menos de dois anos por colocar outras pessoas em perigo e no último dia 5 de novembro por um episódio de violência doméstica.

Segundo testemunhas e imagens do desfile, um veículo SUV bateu em uma banda musical de colégio, e também atingiu uma associação de avós.

"Havia pompons e sapatos, e chocolate quente derramado por toda parte", disse Cory Montilho ao Milwaukee Journal Sentinel. "Tive que passar de um corpo a outro para encontrar minha filha", disse ele. Sua esposa e duas filhas quase foram atropeladas.

Em coletiva de imprensa, o chefe da polícia de Waukesha, Dan Thompson, disse que "o carro atropelou mais de 20 pessoas" e que "algumas delas eram crianças".

Inicialmente, autoridades locais haviam informado que 11 adultos e 12 menores de idade foram levados para hospitais da região.

- Gritos ensurdecedores -

Um agente atirou contra o veículo em uma tentativa de parar o veículo, segundo as autoridades.

As escolas permanecerão fechadas nesta segunda-feira e algumas rodovias estão bloqueadas, informou Thompson, enquanto a investigação prossegue.

Angelito Tenorio, que é candidato ao cargo de tesoureiro do estado do Wisconsin, estava no desfile e contou ao Milwaukee Journal Sentinel que "viu um SUV chegar, simplesmente acelerar e continuar a toda velocidade ao longo do trajeto da parada".

"E então ouvimos um estrondo forte e gritos ensurdecedores das pessoas que foram atingidas pelo veículo", acrescentou.

"Um de nossos padres está entre os feridos, assim como vários paroquianos e crianças da escola católica de Waukesha" declarou a porta-voz da igreja católica de Milwaukee, Sandra Peterson

O presidente Joe Biden foi informado e a Casa Branca "monitora de perto a situação em Wauskesha", disse um funcionário da presidência.

"Entramos em contato com as autoridades estaduais e locais para oferecer o apoio e assistência necessários", completou.

O governador do Wisconsin, Tony Evers, disse que ele e sua esposa estavam "rezando por Waukesha" e por "todas as crianças, famílias e membros da comunidade afetados por este ato sem sentido".

Vários congressistas expressaram condolências, incluindo os dois senados do estado, a democrata Tammy Baldwin e o republicano Ron Johnson.

A tragédia aconteceu em uma semana conturbada no estado do Wisconsin, após a absolvição do adolescente Kyle Rittenhouse, que matou a tiros dois homens durante os protestos contra a violência policial no ano passado em Kenosha, que fica a 80 quilômetros de Waukesha.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade