UAI
Publicidade

Estado de Minas TEERÃ

Irã rejeita acusações do Ocidente sobre suas 'atividades' no Oriente Médio


19/11/2021 08:23

O governo iraniano classificou como "ilegítima", nesta sexta-feira (19), a declaração dos Estados Unidos e das nações europeias, garantindo aos vizinhos do Irã que seus interesses sobre temas de segurança serão levados em consideração nas próximas negociações sobre o programa nuclear iraniano.

Na quinta-feira (18), França, Alemanha, Reino Unido e Estados Unidos condenaram as "atividades desestabilizadoras" do Irã na região, "incluindo o uso e a transferência de mísseis balísticos e de drones" para milícias armadas, e disseram apoiar os vizinhos da República Islâmica "para enfrentar as preocupações mais amplas da região em matéria de segurança".

"Esta reunião e esta declaração são tão artificiais e ilegítimas que não vale a pena respondê-las", disse o porta-voz do Ministério iraniano das Relações Exteriores, Said Khatibzadeh, em um comunicado.

"O governo dos Estados Unidos, responsável pela situação atual ao se retirar do acordo nuclear, tenta mais uma vez, provocar uma crise e realizar uma campanha de propaganda contra o Irã", afirmou.

Em 29 de novembro, em Viena, o Irã e as grandes potências retomarão as negociações para tentar salvar o acordo internacional sobre a energia nuclear iraniana firmado em 2015.

As negociações entre Teerã e as outras partes (Alemanha, China, França, Reino Unido e Rússia) para relançar este pacto histórico estão suspensas desde junho.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade