UAI
Publicidade

Estado de Minas NAÇÕES UNIDAS

Conselho de Segurança da ONU exige que houthis desocupem embaixada dos EUA


18/11/2021 22:03

O Conselho de Segurança da ONU condenou nesta quinta-feira (18) "nos termos mais enérgicos" a ocupação da embaixada americana em Saná, capital do Iêmen, pelos rebeldes houthis e pediu a libertação dos funcionários ainda detidos.

Em um comunicado, os 15 membros do Conselho pediram "a retirada imediata de todos os elementos houthis destas instalações" e a "libertação imediata e segura dos que ainda estão detidos".

As convenções internacionais de Viena proíbem qualquer intromissão em instalações diplomáticas, que "devem ser respeitadas e protegidas", reforça o comunicado do Conselho à imprensa.

Há uma semana, Washington pediu a libertação imediata dos funcionários da embaixada do Iêmen. A maioria deles tinha sido libertada após a invasão houthi.

A embaixada americana em Saná está fechada desde 2015, quando os Estados Unidos transferiram seu pessoal diplomático para Riade devido à guerra civil no Iêmen.

Em sete anos, o Iêmen mergulhou em uma das piores tragédias humanitárias do mundo, segundo a ONU, com mais de dois terços da população dependente de ajuda internacional.

Dezenas de milhares de pessoas, a maioria civis, morreram e milhões foram deslocadas, segundo organizações internacionais.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade