UAI
Publicidade

Estado de Minas DEHRADUN

Nacionalistas hindus indianos atacam residência de ex-ministro muçulmano


16/11/2021 06:35

Militantes hindus atacaram e queimaram a casa de um ex-ministro indiano das Relações Exteriores de fé muçulmana - disse a polícia, relatando o mais recente caso de violência religiosa, que aumentou sob o governo do primeiro-ministro Narendra Modi.

Muçulmano membro do partido de oposição Congresso, o ex-chanceler Salman Khurshid (2012-2014) publicou um livro em outubro, no qual comparou o nacionalismo hindu que floresceu sob Modi com o extremismo islâmico de grupos como o Estado Islâmico (EI).

A polícia disse que cerca de 20 pessoas de um grupo local de radicais hindus se reuniram em frente à casa de Khurshid na segunda-feira, na cidade de Nainital (norte).

"Gritaram palavras de ordem, atiraram pedras, quebraram janelas, saquearam a entrada e atearam fogo (em uma porta)", disse o chefe da polícia local, Jagdish Chandra, à AFP.

O jornal Times of India informou que o grupo ateou fogo a um busto de Khurshid, fez disparos e ameaçou a nora do cuidador da casa com uma arma.

Khurshid estava fora com sua família no momento do ataque, mas publicou em suas redes sociais imagens do que aconteceu.

"Vergonha é uma palavra insuficiente" para descrever o que aconteceu, afirmou Khurshid nas redes sociais.

Ativistas dizem que as minorias religiosas na Índia, principalmente hindu, enfrentam cada vez mais discriminação e violência desde a ascensão ao poder do partido nacionalista hindu Bharatiya Janata, de Modi, em 2014.

Em 2020, a Comissão americana sobre Liberdade Religiosa Internacional incluiu a Índia em sua lista de "países de preocupação especial" pela primeira vez desde 2004.

O governo Modi rejeita ter uma agenda "Hindutva" ("hegemonia hindu") e insiste em que pessoas de todas as religiões têm direitos iguais no país.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade