UAI
Publicidade

Estado de Minas BRUXELAS

UE ampliará sanções a Belarus, e Polônia construirá muro na fronteira


15/11/2021 14:04

Os países da União Europeia (UE) devem adotar novas sanções contra Belarus "nos próximos dias", em meio à crise migratória nas fronteiras orientais do bloco - afirmou o chefe da diplomacia europeia, Josep Borrell, nesta segunda-feira (15).

De acordo com o diplomata, o novo pacote de sanções incluirá "um número significativo" de cidadãos e de empresas bielorrussas por "facilitarem a passagem ilegal de fronteiras para a UE".

Já a Polônia começará a construção, ainda este ano, de um muro em sua fronteira com Belarus, anunciou o ministro polonês do Interior, Mariusz Kaminski, em um comunicado divulgado nesta segunda-feira.

O Parlamento autorizou a obra no mês passado.

É uma obra "absolutamente estratégica e um investimento prioritário para a segurança do país e de seus cidadãos", justificou.

De acordo com o ministro Kaminski, os contratos serão assinados em 15 de dezembro, e a construção do muro fronteiriço começará no final do referido mês. Vai-se trabalhar 24 horas por dia.

A previsão é que as obras estejam concluídas no primeiro semestre de 2022.

O muro custará 353 milhões de euros (em torno de US$ 407 milhões) e terá 180 quilômetros de extensão, quase a metade da fronteira comum.

Milhares de imigrantes, principalmente do Oriente Médio, cruzaram, ou tentaram cruzar, a fronteira entre Polônia e Belarus a partir deste verão (inverno no Brasil).

A Polónia respondeu ao fluxo de migrantes enviando milhares de soldados para a fronteira, onde implementou um estado de emergência bastante criticado.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade