UAI
Publicidade

Estado de Minas TEGUCIGALPA

Comandante das Forças Armadas pede eleições pacíficas em Honduras


26/10/2021 20:35

O comandante das Forças Armadas de Honduras pediu nesta terça-feira que as eleições presidenciais de 28 de novembro sejam realizadas em um clima de paz, quatro anos após uma onda de violência pós-eleitoral.

"Vamos deixar para trás a divisão, o egoísmo, a maldade e os interesses obscuros que podem afetar a paz e a tranquilidade do nosso povo", disse o general Tito Livio Moreno, após assumir a responsabilidade pelo transporte do material eleitoral aos 18 departamentos do país.

"Não podemos viver com esses apelos ao ódio e à violência. Não devemos chamar para o confronto", acrescentou Moreno durante a cerimônia, que aconteceu em um campo militar ao sul da capital, na presença do presidente Juan Orlando Hernández. Segundo o governo, 42 mil militares e policiais farão a segurança das eleições, nas quais será eleito o sucessor de Hernández.

Nas eleições de 2017, Hernández foi reeleito após derrotar por pouca margem o apresentador de TV Salvador Nasralla, que disputava o cargo pela primeira vez. Mas uma onda de violência permaneceu por mais de um mês após a votação, em meio a acusações de fraude. Os bloqueios de ruas e confrontos deixaram mais de 30 mortos.

Mais de 5 milhões de eleitores foram convocados para as eleições de 28 de novembro, nas quais também serão escolhidos deputados e prefeitos.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade