UAI
Publicidade

Estado de Minas TEERÃ

Orações coletivas são retomadas em Teerã após 20 meses suspensas


22/10/2021 19:44

O Irã, país mais afetado do Oriente Médio pela pandemia de covid-19, permitiu aos fiéis assistirem à oração nesta sexta-feira (22) em Teerã pela primeira vez em quase 20 meses, reportou a agência de notícias iraniana Isna.

Centenas de fiéis foram à sala de orações da universidade de Teerã usando máscaras e respeitando o distanciamento de um metro exigido, enquanto funcionários aspergiam o local com desinfetante, constatou um fotógrafo da AFP.

As mesquitas foram fechadas progressivamente em toda a República Islâmica nas semanas que se seguiram ao anúncio dos primeiros casos de covid-19 em fevereiro de 2020 e reabriram durante o Ramadã (25 de abril a 24 de maio de 2020), mas apenas nas regiões menos afetadas pelo vírus e não na capital.

Nos últimos meses houve orações ao ar livre, nos pátios das mesquitas, com número limitado de fiéis, em Teerã e outras grandes cidades do Irã.

O número de casos e óbitos diários vinculados à covid-19 diminui relativamente no país, onde foram registradas mais de 5,85 milhões de infecções, das quais 125.000 mortais, desde o começo da pandemia, segundo as últimas cifras do Ministério da Saúde.

De acordo com altos funcionários iranianos, estas estatísticas subestimam muito o número de mortos e de casos.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade