UAI
Publicidade

Estado de Minas GENEBRA

Síria: oposição e regime realizam 1ª negociação sobre Constituição


17/10/2021 16:04

Representantes do regime sírio e da oposição se reuniram neste domingo (17) em Genebra, na Suíça, sob os auspícios da ONU, para tratar da reforma constitucional no país árabe, um processo iniciado há dois anos e que estava paralisado até agora.

"Pela primeira vez, os dois copresidentes, o designado pelo governo e o da oposição, se reuniram comigo para uma discussão substancial e franca sobre como devemos proceder com a reforma constitucional", declarou o enviado da ONU para a Síria, o diplomata norueguês Geir Pedersen, em entrevista coletiva, quando o encontro ainda estava em andamento.

Ahmad Kuzbari é o copresidente nomeado por Damasco e Hadi al-Bahra representa a oposição. As negociações continuarão nesta segunda-feira, e ao longo de toda a semana, sob um esquema restrito: 15 representantes do regime, 15 da oposição e 15 da sociedade civil.

Posteriormente, esse comitê de 45 pessoas dará lugar a outro mais amplo, com 150 membros, 50 para cada uma das partes.

Pedersen ressaltou neste domingo que "os dois copresidentes estão de acordo agora" em "iniciar o processo de elaboração de uma reforma constitucional na Síria".

Mas acrescentou que, apesar de uma "relativa calma" registrada desde março, há "civis que morrem ou ficam feridos diariamente" no país deflagrado.

Além disso, a situação humanitária e econômica é extremamente difícil. "Mais de 13 milhões de sírios necessitam de ajuda humanitária e quase 90% deles vivem abaixo da linha da pobreza", disse Pedersen.

Nesse sentido, o enviado da ONU acrescentou que, apesar do processo de reforma constitucional ser importante, ele "não será suficiente para resolver a crise síria".


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade