UAI
Publicidade

Estado de Minas GENEBRA

OMS prepara plano contra abusos sexuais por parte de seus trabalhadores


15/10/2021 14:01

A Organização Mundial da Saúde (OMS), envolvida num escândalo de abuso sexual por alguns de seus trabalhadores na República Democrática do Congo (RDC), prometeu "tolerância zero" e está preparando um plano de ação.

Após a revelação desses abusos, várias dezenas de países, incluindo os Estados Unidos e alguns Estados da União Europeia, exigiram um "compromisso total" da OMS contra essas agressões num comunicado conjunto.

O chefe da agência da ONU, Tedros Adhanom Ghebreyesus, revelou o plano de ação aos membros da OMS na quinta-feira.

"Ontem (quinta-feira), o diretor-geral apresentou o esboço do plano em resposta aos Estados-membros", disse uma fonte da OMS à AFP.

E especificou que a apresentação do documento final ocorrerá "nos próximos dias".

Uma comissão independente de inquérito publicou um relatório devastador para a OMS em 28 de setembro denunciando que 21 trabalhadores da OMS cometeram agressões sexuais contra dezenas de pessoas na RDC durante a epidemia de ebola entre 2018 e 2020.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade