UAI
Publicidade

Estado de Minas PEQUIM

Inundações causam 15 mortes na China


12/10/2021 09:07

Pelo menos 15 pessoas morreram devido às fortes chuvas e inundações na região chinesa de Shanxi (norte), que recebeu três vezes a média mensal de chuvas em uma semana, disseram as autoridades locais nesta terça-feira (12).

"Quinze pessoas morreram e três ainda estão desaparecidas", declarou o diretor local do serviço de emergência, Wang Qirui.

Além disso, 19 mil edifícios foram destruídos e outros 18 mil "seriamente danificados" devido a este fenômeno extremo.

Pelo menos 1,7 milhão de residentes de Shanxi foram afetados pelas enchentes e 120 mil tiveram que deixar suas casas para um local seguro, acrescentou.

As enchentes obrigaram o fechamento temporário de 60 minas de carvão nesta província a oeste de Pequim, uma das principais produtoras desse material, justamente em um momento de escassez de energia que causou inúmeros apagões na China.

Todas, exceto quatro, voltaram à operação normal, disse Wang.

Fotos publicadas pelo jornal local Shanxi Evening News mostravam agentes de trânsito carregando crianças nas costas com água na cintura.

Segundo a agência Xinhua, em Shanxi, província onde não costuma chover, em apenas cinco dias caiu o triplo de chuva que costuma ocorrer ao longo de todo o mês de outubro. Chuvas que, segundo as previsões, devem continuar.

Várias regiões da China foram atingidas por chuvas sem precedentes este ano.

Na província central de Henan, 300 pessoas morreram após um dilúvio de três dias em que registraram a precipitação de um ano inteiro.

E durante o verão boreal, milhares de pessoas ficaram desabrigadas nas províncias de Hubei e Sichuan, também no centro, por chuvas torrenciais.

Os especialistas argumentam que esses eventos climáticos extremos estão aumentando devido às mudanças climáticas.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade