UAI
Publicidade

Estado de Minas HAIA

Ocidente quer que Rússia responda sobre envenenamento de Navalny


05/10/2021 15:32

Quarenta e cinco países, incluindo Reino Unido, Alemanha e Canadá, pediram nesta terça-feira (5) ao órgão mundial de controle de armas químicas que a Rússia forneça respostas sobre o envenenamento do opositor do Kremlin, Alexei Navalny.

A Rússia tem 10 dias para responder às perguntas feitas pelos países, de acordo com as regras da Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ), com sede em Haia, disseram os delegados.

Os países ocidentais acreditam que Navalny foi envenenado na Rússia com o agente neurotóxico da era soviética Novichok em agosto do ano passado. Ele foi tratado na Alemanha antes de retornar à Rússia, onde está preso.

Moscou sempre negou seu envolvimento.

"Hoje, 45 estados... Informaram ao conselho executivo da OPCW que farão formalmente perguntas à Rússia sobre o envenenamento de Navalny sob o Artigo 9 da Convenção", disse a delegação britânica em um tuíte.

"A Rússia tem 10 dias para responder", acrescentou.

O conselho executivo da OPCW, formado por 41 Estados-membros, se reúne esta semana para discutir os avanços na eliminação das armas químicas no mundo.

Os países ocidentais também pediram que a Síria, aliada da Rússia, deixe os inspetores de armas entrarem, afirmando que Damasco continuou a violar suas obrigações com a OPAQ.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade