UAI
Publicidade

Estado de Minas HAVANA

Opositor Cuesta Morúa é libertado em Cuba


30/09/2021 10:46

O opositor cubano Manuel Cuesta Morúa foi solto em Havana depois de mais de 10 horas de detenção, nas quais recebeu ameaças e advertências contra a organização de um protesto convocado para 20 de novembro em várias cidades a ilha, segundo explicou nesta quinta-feira (30).

"O motivo principal (da prisão) é o 20N (o protesto convocado) e a participação do Conselho junto ao Arquipélago em sua organizção", disse Cuesta à AFP.

Na semana passada, o dramaturgo Yunior García, líder do grupo do Facebook Arquipélago, e Cuesta publicaram nas redes sociais uma carta dirigida ao governo provincial de Havana, solicitando permissão para realizarem uma manifestação contra o governo de 5.000 participantes em 20 de novembro.

Cuesta é vice-presidente do Conselho para a Transição Democrática, uma plataforma opositora criada em 11 de junho e presidida pelo preso político José Daniel Ferrer, que em 2003 integrou o grupo dos 75.

Vários dissidentes se juntaram à iniciativa de protesto em 20 de novembro, cinco dias depois de Cuba abrir suas fronteiras ao turismo internacional, e textos similares foram entregues aos governos das províncias de Holguín, Guantánamo e Cienfuegos.

O governo cubano não reconhece legalmente a oposição e considera que seus ativistas são "mercenários" dos Estados Unidos.

FACEBOOK


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade