UAI
Publicidade

Estado de Minas PARIS

Diante da concorrência da SpaceX, Arianegroup prevê cortar 600 empregos


23/09/2021 16:57

O construtor de foguetes Ariane vai suprimir 600 postos de trabalho na França e na Alemanha até o fim de 2022 para recuperar sua competitividade, especialmente diante da concorrência da americana SpaceX, informaram a direção e os sindicatos.

"Efetivamente, anunciamos um plano de adaptação de funcionários de um máximo de 600 pessoas que abrange França e Alemanha", declarou à AFP a diretora de recursos humanos da empresa, Florence Gallois.

Não está previsto o fechamento de instalações, mas todos eles serão afetados pelas medidas, tanto na Alemanha quanto na França, acrescentou.

Revelado pelo semanário Challenges, este plano busca recuperar competitividade e reduzir os custos da fabricante de foguetes Ariane diante da competição feroz da americana SpaceX e seus lançadores reutilizáveis.

Empresa em sociedade entre a Safran e a Airbus, a ArianeGroup desenvolve o lançador pesado Ariane 6, cujo lançamento inaugural foi adiado ao segundo trimestre de 2022 devido a dificuldades técnicas agravadas pelas consequências da crise sanitária.

SAFRAN

AIRBUS GROUP


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade