UAI
Publicidade

Estado de Minas MOSCOU

Navalny acusa Apple e Google de 'cumplicidade' com Putin


23/09/2021 14:28

O opositor Alexei Navalny acusou nesta quinta-feira (23) Apple e Google de colaborarem com o Kremlin, depois que os dois gigantes digitais retiraram seu aplicativo sobre as eleições legislativas a pedido das autoridades russas.

"Se algo me surpreendeu durante as eleições, não é tanto que Putin tenha falsificado os resultados, mas como a todo-poderosa Big Tech se tornou sua cúmplice", disse Navalny em mensagem postada no Instagram, na qual descreveu as empresas como "covardes e gananciosas".

"Uma coisa é os monopólios da rede controlarem geeks legais (...) Mas outra é quando as pessoas que executam os comandos são covardes e gananciosas", acrescentou.

"Nas telas, dizem que querem 'fazer do mundo um lugar melhor', mas por dentro são apenas mentiras e hipocrisia", acrescentou Navalny, referindo-se ao Google, Apple e Telegram.

Sob pressão do governo russo, Google e Apple concordaram na sexta-feira passada em suprimir o aplicativo da equipe de Navalny.

O app facilitava a circulação de informações eleitorais para votar contra os candidatos do Kremlin nas eleições legislativas organizadas de 17 a 19 de setembro.

O Google também bloqueou dois vídeos no YouTube onde apoiadores do opositor russo compartilhavam slogans.

O Telegram, app de mensagens criptografadas muito popular na Rússia, também suprimiu as instruções em 18 de setembro a pedido do regulador de telecomunicações russo.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade