Publicidade

Estado de Minas BAGDÁ

EUA dá quatro meses extras ao Iraque para continuar comercializando com o Irã


04/08/2021 12:12

Os Estados Unidos deram ao Iraque mais quatro meses de isenção das sanções contra as empresas que comercializam com o Irã, anunciou um responsável iraquiano à AFP nesta quarta-feira (4), o que permitirá a Bagdá continuar importando gás e eletricidade iranianos.

O Irã fornece um terço do consumo de gás e eletricidade ao seu vizinho.

O Iraque produz atualmente 16.000 megawatts, longe dos 24.000 necessários para abastecer a demanda.

A precariedade do sistema elétrico iraquiano é flagrante principalmente no verão, quando as temperaturas ultrapassam com facilidade os 45 graus (ºC), o que provoca problemas no fornecimento e protestos dos habitantes.

Depois que Washington restabeleceu no final de 2018 as sanções contra Teerã, este prolonga constantemente o período acordado com Bagdá para que encontre outros fornecedores de energia.

Embora os EUA permitam que o Iraque importe energia do Irã sem represálias, impedem o pagamento de sua fatura em dólares, uma moeda da qual o governo da República Islâmica, prejudicado pelas sanções, tem muita necessidade.

O Iraque, que realiza eleições antecipadas em 10 de outubro, é obrigado a manter boas relações tanto com Washington quanto com o Irã, inimigo declarado dos americanos.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade