Publicidade

Estado de Minas MUMBAI

Trabalhos de limpeza começam na Índia após chuvas torrenciais


26/07/2021 10:47 - atualizado 26/07/2021 10:50

Uma grande operação de limpeza começou na Índia nesta segunda-feira (26), em meio à melhora do tempo após vários dias de chuvas de monções.

O fenômeno causou inundações e deslizamentos de terra e deixou cerca de 198 mortos.

Além disso, as fortes chuvas obrigaram cerca de 250 mil pessoas a deixarem suas casas em três estados da costa oeste deste país asiático e causaram cortes generalizados de energia.

Inundações e deslizamentos de terra são frequentes durante a temporada de monções na Índia (de junho a setembro), que provoca o aumento do volume dos rios e das águas subterrâneas. Especialistas consideram, no entanto, que a mudança climática aumentou sua intensidade.

"A atenção se concentra na evacuação dos feridos e no reparo das linhas de energia, agora que o nível da água baixou", disse à AFP um porta-voz da força de ajuda a vítimas de catástrofes naturais.

"Parou de chover na maioria dos lugares (...) Estamos ajudando nas operações de limpeza", acrescentou.

O estado mais afetado é o de Maharashtra, que tem Mumbai como sua capital.

No total, 53 corpos foram recuperados em Taliye, a sudeste de Mumbai, onde ocorreu um grande deslizamento de terra.

Os socorristas suspenderam as tarefas para encontrar 31 pessoas desaparecidas, que passaram a ser contabilizadas como mortas.

Outros deslizamentos aconteceram no distrito vizinho de Satara, onde 29 pessoas perderam a vida.

Em Chiplun, 24 horas de chuva fizeram o nível da água subir quase 6 metros em alguns bairros.

Na região, oito pacientes de um hospital local para pacientes com covid-19 morreram depois que as inundações provocaram cortes de energia elétrica, necessária para os respiradores.

No domingo, o chefe do governo de Maharashtra, Uddhav Thackeray, descreveu o que aconteceu neste distrito como "inimaginável".

"O nível da água atingiu o telhado da minha loja, tinha muita água lá dentro", relatou um comerciante local em entrevista à rede indiana NDTV.

O governador do estado vizinho de Goa, Pramod Sawant, falou das "piores enchentes desde 1982".

Mais ao sul, outras nove pessoas morreram no estado de Karnataka.

Nos últimos anos, os fenômenos climáticos extremos aumentaram em consequência, segundo os cientistas, do aquecimento global que afeta esta região do mundo.

A mudança climática intensifica os fenômenos de monção na Índia, segundo um estudo divulgado pelo Instituto de Pesquisa sobre o Impacto Climático de Potsdam (PIK).

O informe alerta para possíveis consequências na alimentação, agricultura e economia em um país que abriga 20% da população mundial.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade