Publicidade

Estado de Minas LONDRES

Reino Unido vacinará contra a covid menores de 12 a 15 anos vulneráveis


19/07/2021 16:48

O Reino Unido vacinará contra a covid-19 os menores de 12 a 15 anos vulneráveis, anunciou nesta segunda-feira (19) o governo britânico, muito criticado pelo impacto do levantamento das restrições sanitárias entre os mais jovens.

Atualmente, os jovens com mais de 16 anos de idade podem ser vacinados se forem muito vulneráveis ou apresentarem doenças subjacentes.

O programa de vacinação será agora ampliado àqueles "dos 12 aos 15 anos de idade que sofrem de problemas neurológicos graves, síndrome de Down, que são imunossuprimidos ou têm deficiências mentais graves ou múltiplas", disse no Parlamento o secretário de Estado responsável pela vacinação, Nadhim Zahawi.

Os menores dessa faixa etária que estão em contato com pessoas imunossuprimidas em casa também poderão ser imunizados, acrescentou.

A vacina utilizada será a da aprovada pelo órgão regulador britânico para maiores de 12 anos.

O programa de vacinação do Reino Unido permitiu a administração de duas doses do imunizante anticovid a 68,5% da população adulta desde dezembro.

A comissão encarregada de aconselhar o governo ainda não recomendou a imunização de menores de 18 anos sem problemas de saúde subjacentes, de acordo com o ministro da Saúde, Sajid Javid.

O anúncio ocorre quando a Inglaterra suspendeu a maioria das restrições, decisão criticada por muitos cientistas que denunciam o risco sofrido por jovens que não foram vacinados.

Com mais de 128.700 mortes, um dos países mais atingidos na Europa, o Reino Unido registrou recentemente mais de 50.000 novas infecções por dia, principalmente devido à variante Delta.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade