Publicidade

Estado de Minas KANO

Bandidos matam 35 pessoas no noroeste da Nigéria


10/07/2021 11:00

Pelo menos 35 pessoas foram mortas por ladrões de gado em cinco vilarejos no estado de Zamfara, no noroeste da Nigéria, informou a polícia neste sábado (10).

No total, "35 pessoas foram mortas pelos bandidos nas cinco aldeias", afirmou à AFP o porta-voz da polícia regional, Mohamed Shehu, enquanto depoimentos de residentes evocavam 43 mortos nos ataques realizados na quinta-feira por ladrões de gado que as autoridades geralmente qualificam como "bandidos".

Chegando em motocicletas, os "bandidos" realizaram ataques coordenados nas aldeias de Gidan Adamu, Tsauni, Gidan Baushi, Gidan Maidawa e Wari no distrito de Maradun, matando os moradores e queimando suas casas.

"Os agressores conseguiram sair das aldeias antes da chegada das forças de segurança, que demoraram devido à má qualidade das estradas", explicou Mohamed Shehu.

"Encontramos 43 corpos nas aldeias e sete feridos", disse à AFP Danladi Sabo, morador de um dos vilarejos atacados.

Os mortos foram enterrados na sexta-feira e os feridos levados para o hospital de Gusau, a capital da província, acrescentou.

O noroeste e o centro da Nigéria são regularmente aterrorizados por gangues e ladrões de gado que atacam vilas isoladas.

Na quarta-feira, 18 pessoas foram mortas por "bandidos" na aldeia de Tsauwa, no estado vizinho de Katsina. Em junho, 56 moradores foram mortos em seis aldeias no distrito de Zurli, estado de Zamfara.

Nos últimos meses, esses bandos armados também se voltaram para outra atividade muito lucrativa: os sequestros em massa de crianças e estudantes do ensino médio.

Na segunda-feira, cerca de 100 crianças foram sequestradas de uma escola no estado vizinho de Kaduna.

Todas as operações militares realizadas ou ofertas de anistia propostas pelas autoridades não conseguiram, até agora, encerrar este crime em massa que atinge regiões inteiras do gigante nigeriano.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade