Publicidade

Estado de Minas CIDADE DO MÉXICO

Ex-ministro da Economia é acusado por suspeita de enriquecimento ilícito no México


09/07/2021 17:21

O ex-ministro da Economia mexicano Ildefonso Guajardo foi acusado pelo Ministério Público perante um juiz federal por suspeita de responsabilidade "no crime de enriquecimento ilícito", informou a instituição nesta sexta-feira.

O juiz encarregado do caso acatou os elementos apresentados pela promotoria para abrir o processo contra Guajardo, que foi peça chave na negociação do tratado de livre-comércio com os Estados Unidos e o Canadá (TMEC).

A ação judicial contra Guajardo se inicia "em virtude do fato de que, entre 2014 e 2018, esse indivíduo, como servidor público, provavelmente obteve um aumento injustificado do seu patrimônio, do qual não conseguiu provar a origem legal", detalhou a promotoria em comunicado.

A denúncia contra o ex-funcionário do governo de Enrique Peña Nieto (2012-2018) teve origem em um pedido da Promotoria Especializada em Combate à Corrupção, informou o boletim. O juiz concedeu a Guajardo liberdade provisória, com a condição de que compareça periodicamente à Justiça.

Guajardo é o segundo membro do gabinete de Peña Nieto a enfrentar um processo judicial por suspeita de corrupção, depois que Rosario Robles, ex-ministra do Desenvolvimento, foi presa em 2019, acusada de um desvio milionário de recursos.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade