Publicidade

Estado de Minas CIUDAD VICTORIA

Dois supostos autores de massacre são detidos no norte do México


24/06/2021 16:49

Autoridades mexicanas informaram nesta quinta-feira(24) que prenderam dois supostos autores de um massacre de 14 pessoas ocorrido no último sábado no estado de Tamaulipas, na fronteira com os Estados Unidos.

Os indivíduos foram detidos em duas operações policiais que libertaram 18 pessoas presas ilegalmente e sob a vigilância de quatro pistoleiros muito perto da cidade de Reynosa, onde ocorreu o massacre no fim de semana.

Agora são três os suspeitos presos pelo massacre depois que a procuradoria-geral mexicana, encarregada da investigação, informou na segunda-feira a prisão de outro sujeito que portava uma arma de uso exclusivo do exército.

Os ataques de sábado foram realizados em diferentes bairros de Reynosa por pistoleiros que viajavam em vários veículos e que atiraram indiscriminadamente contra 14 pessoas que encontraram em seu caminho, informaram as autoridades locais no domingo.

No mesmo dia, os policiais mataram cinco supostos pistoleiros.

Um vídeo que circula nas redes sociais aparentemente mostra o interrogatório do primeiro suspeito capturado, que afirma que o massacre foi ordenado por um indivíduo apelidado de "El Maestrín".

Na mesma quarta-feira, Reynosa viveu um novo dia violento, com tiroteios, perseguições e confrontos entre policiais e pistoleiros.

Mais de 300.000 pessoas foram mortas no México desde que o governo federal lançou uma polêmica operação militar antidrogas em dezembro de 2006, segundo dados oficiais.

A maioria dos assassinatos é atribuída a brigas entre gangues de criminosos.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade