Publicidade

Estado de Minas BAMAKO

Organização africana 'tranquila' sobre restabelecimento de governo civil no Mali


09/06/2021 13:46

A missão dos Estados da África do Oeste enviada ao Mali afirmou sua "tranquilidade" nesta quarta-feira (9) depois que o novo presidente, o coronel Assimi Goita, prometeu que os civis voltarão ao poder em 2022.

A Comunidade Econômica de Estados da África do Oeste (CEDEAO) enviou uma missão ao Mali depois que os militares promoveram um segundo golpe de Estado em nove meses.

"Nos pontos principais, o presidente de transição e o primeiro-ministro nos tranquilizaram", principalmente porque em fevereiro de 2022 planejam realizar eleições que devem restabelecer um governo civil, declarou Jean-Claude Kassi Brou, alto responsável da CEDEAO.

A delegação da CEDEAO também recebeu por parte do presidente e do primeiro-ministro de transição garantias de que eles não se apresentarão às presidenciais de 2022, como havia exigido essa organização em sua cúpula extraordinária de 30 de maio sobre o Mali, acrescentou Jean-Claude Kassi Brou, presidente da Comissão da CEDEAO.

A CEDEAO suspendeu o Mali de suas instituições após o segundo golpe militar em nove meses que colocou, de fato, o coronel Goita à frente do país em 24 de maio.

Sobre um possível levantamento dessa suspensão, "temos que ver rapidamente como será o retorno à ordem constitucional normal e, a partir de então, os chefes de Estado [da CEDEAO] avaliarão a situação", disse Kassi Brou.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade