Publicidade

Estado de Minas PARIS

Dona de agência de paparazzi é acusada na França em caso de financiamento líbio de campanha de Sarkozy


05/06/2021 13:02

A dona da agência de paparazzi BestImage, Mimi Marchand, foi acusada neste sábado de "suborno de testemunhas" no caso de suposto financiamento líbio da campanha presidencial de Nicolas Sarkozy na França, em 2007, informou sua advogada à AFP.

Michèle Marchand, conhecida como "Mimi", também foi acusada de "associação de criminosos para cometer fraude de grupo organizado" e foi colocada sob controle judicial.

A acusada "se opõe firmemente aos fatos alegados", disse Caroline Toby, a advogada de Marchand.

Esta figura proeminente da imprensa francesa de fofocas, próxima ao atual presidente francês Emmanuel Macron e sua esposa, foi presa na quinta-feira em meio a uma investigação judicial iniciada depois que o intermediário franco-libanês Ziad Takieddine concedeu uma entrevista a um jornalista da revista francesa Paris Match, que viajou para o Líbano com um fotógrafo da BestImage.

Nesta entrevista, concedida em novembro de 2020, Ziad Takieddine retirou suas declarações contra Nicolas Sarkozy, após acusá-lo de ter aceitado dinheiro para sua campanha presidencial por parte do líder líbio Muammar Gaddafi.

Após suas declarações, o ex-chefe de Estado comemorou que finalmente "a verdade" teria aparecido.

Dois meses depois, em 14 de janeiro, Takieddine foi interrogado em Beirute por dois juízes franceses encarregados do caso.

O intermediário declarou então que não confirmava "as declarações" publicadas após a entrevista e garantiu que foram "distorcidas" pela Paris Match, que "pertence a um amigo de Sarkozy".

Mimi Marchand "atuou como jornalista que teve como exclusiva a entrevista com Takieddine", informou Toby no sábado. "Ela só organizou as fotos e a entrevista", insistiu.

PUBLICIS GROUPE SA


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade