Publicidade

Estado de Minas INTERNACIONAL

BoE promete incluir risco climático em compras de ativos neste ano


03/06/2021 14:36

O presidente do Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês), Andrew Bailey, anunciou nesta quinta-feira, 3, mudanças futuras na política de compras de ativos por parte da autoridade monetária, que vão passar a considerar a questão climática. Em contrapartida, o regulador também se comprometeu a zerar as emissões de carbono de suas operações físicas no mais tardar até 2050.

"O CBPS compra de ativos corporativos, na sigla em inglês continuará a ser um instrumento de política monetária, com sua meta geral para atingir seu objetivo primário de inflação", explicou Bailey, durante conferência internacional sobre o clima, promovida pelo BIS, Banco de Compensações Internacionais. "No entanto, a partir do quarto trimestre deste ano, pretendemos modificar nossa abordagem para a composição dos ativos que compramos, a fim de levar em conta as considerações climáticas", acrescentou.

De acordo com ele, a abordagem do BoE será guiada por três princípios. Em primeiro lugar, o regulador promete incentivar as empresas a tomarem ações decisivas em prol de uma transição ordenada da economia geral do Reino Unido para uma de zero carbono. Além disso, como a escala do CBPS, avaliou, é pequena quando considerado todo o mercado de capitais, haverá um trabalho de influência sob outros investidores maiores. Por fim, o BoE promete uma postura futura mais exigente das companhias para com o clima.

Em outra frente, esta com um olhar interno, Bailey anunciou a intenção do Banco da Inglaterra de zerar suas emissões. "Posso confirmar hoje que o Banco está se comprometendo a reduzir as emissões de nossas operações físicas para que sejam consistentes com o valor líquido zero no mais tardar até 2050", anunciou ele, durante o evento.

O presidente do Banco da Inglaterra participou do encerramento de mais um dia da conferência virtual do BIS, que reúne especialistas para debater as mudanças climáticas e eventuais ações de combate por parte do setor financeiro ao redor do globo. O evento teve início ontem, dia 2, e termina amanhã, 4 de junho.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade