Publicidade

Estado de Minas NOVA YORK

Petróleo fecha a US$ 68,83 em Nova York, valor máximo desde outubro de 2018


02/06/2021 19:14

O preço do barril de petróleo alcançou nesta quarta-feira (2) em Nova York um valor máximo desde outubro de 2018, impulsionado pela demanda da commodity no mundo e pela Opep+.

O barril de WTI para entrega em julho fechou a 68,83 dólares, em alta de 1,64%.

Em Londres, o barril de Brent do Mar do Norte para entrega em agosto fechou a 71,35 dólares, em alta de 1,57%, valor máximo desde maio de 2019.

"Os preços do petróleo mantêm seus lucros", observou Naeem Aslam, analista da Avatrade, depois de uma cúpula da Opep+ nesta terça sem surpresas.

Os membros da Opep+ decidiram manter o ritmo de aumento da produção de óleo cru para julho, sem dar indícios sobre os meses seguintes, nem abordar o potencial retorno do petróleo iraniano ao mercado.

A estratégia atual consiste em um aumento progressivo entre maio e julho que soma quase 1,2 milhão de barris por dia, ao qual se soma um milhão de barris retirado de forma voluntária pela Arábia Saudita no começo do ano.

A Opep+, uma aliança selada no fim de 2016 entre os 13 Estados da Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP), liderados pela Arábia Saudita, e dez aliados, entre eles a Rússia, celebrou uma primeira reunião do comitê de acompanhamento mensal do atual acordo de redução de produção do grupo (JMMC) e depois realizou uma breve cúpula ministerial.

Após este encontro, o petróleo registrou alta na terça-feira.

Com a reabertura progressiva de algumas economias, "o mercado observa um repique da demanda de petróleo cru no mundo", destacou Andy Lipow, da Lipow Oil Associates.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade