Publicidade

Estado de Minas KUALA LUMPUR

Malásia envia caças para interceptar aeronaves militares chinesas


01/06/2021 11:59

A força aérea da Malásia enviou caças para interceptarem 16 aviões de transporte militar chineses no Mar da China Meridional na costa do país, um incidente pouco frequente, em resposta ao que funcionários em Kuala Lumpur chamaram nesta terça-feira (1º) de ameaça à "soberania nacional".

O incidente ocorreu na segunda-feira em frente à ilha de Borneo, sobre águas muito disputadas, nas quais China e Malásia mantêm reivindicações e disputas territoriais.

Os aviões de transporte da força aérea chinesa se aproximaram do espaço aéreo da Malásia em "treinamento tático" e voaram a cerca de 60 milhas náuticas (pouco mais de 110 km) da costa, informou a força aérea da Malásia em comunicado.

Os aviões chineses foram detectados por radar e houve várias tentativas de contato.

Enquanto se aproximavam, a força aérea enviou aviões para interceptá-los e identificá-los, e não chegaram a entrar no espaço aéreo da Malásia, desviando de sua rota.

"Este incidente é algo sério no que diz respeito à soberania nacional e a segurança da aviação", já que é uma área muito sobrevoada, de acordo com o comunicado.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade