Publicidade

Estado de Minas PARIS

Quatro jovens franceses são condenados por tuítes contra asiáticos


26/05/2021 12:13

Um tribunal francês considerou quatro jovens culpados, nesta quarta-feira (26), de incitarem o ódio racial, ao publicarem tuítes antiasiáticos, culpando os chineses pela propagação da covid-19.

Os quatro, com idades entre 19 e 24 anos e sem antecedentes criminais, foram condenados pelo Tribunal Penal de Paris a dois dias de educação cívica e a pagarem 250 euros (US$ 300) a cada um dos sete demandantes e até 1.000 euros de indenização por danos morais e materiais.

Todos os quatro foram declarados culpados de "incitação pública, não seguida de atos, para cometer um crime voluntário contra a integridade de uma pessoa em razão de suas origens".

Um quinto estudante foi absolvido.

Soc Lam, advogado da Associação de Jovens Chineses na França, disse que a decisão é um bom sinal de que os tribunais estão levando a sério o discurso de incitação ao ódio na Internet.

Ele considerou, no entanto, que a sentença foi "extremamente simbólica e leve", o que, frisou Lam, pode "encorajar algumas pessoas a continuarem".

A pandemia de coronavírus deu origem a "novas dimensões de racismo antiasiático", segundo um estudo realizado no ano passado pelo Instituto Nacional de Estudos Demográficos da França (INED).


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade