Publicidade

Estado de Minas CARACAS

Justiça venezuelana ordena prisão de dois músicos por 'abuso sexual contra adolescentes'


25/05/2021 16:38

A justiça venezuelana ordenou a prisão de dois músicos por "abusar sexualmente" de adolescentes, após uma avalanche de acusações por crimes sexuais contra menores que chocaram as redes sociais em abril, informou o Ministério Público nesta terça-feira (25).

Um tribunal concordou com "um mandado de prisão (...) contra Tony Maestracci, baterista do 'Tomates Fritos', e Alejandro Sojo, vocalista do 'Los Colores'", escreveu o promotor Tarek William Saab no Twitter.

"Os supostos estupradores (...) foram autuados pelo Ministério Público por cometerem o crime de abuso sexual contra adolescentes", continuou Saab.

A medida corresponde a uma investigação criminal aberta pelo Ministério Público em resposta a uma avalanche de denúncias de dezenas de mulheres que recorreram às redes sociais com acusações de crimes sexuais cometidos por músicos, artistas e escritores quando estas eram menores de idade.

Tudo começou no Instagram, com uma conta aberta para denunciar Sojo, o cantor da banda de pop rock venezuelana Los Colores, por abuso de menores ocorrido há alguns anos, sendo ele já adulto. Ele atualmente mora em Buenos Aires.

O caso trouxe acusações em cascata contra membros de outras bandas locais, como Maestracci, e personagens da cena teatral como os diretores Juan Carlos Ogando e José Pepe Arceo, assim como escritor Willy McKey, que em um comunicado reconheceu ter cometido "estupro" e se suicidou em 29 de abril em Buenos Aires.

Fazendo eco ao movimento globalizado #MeToo, o slogan "Eu acredito em você" começou a surgir em sinal de apoio às vítimas.

De acordo com Saab, desde que assumiu o cargo de procurador-geral em agosto de 2017, 8.450 acusações por crimes sexuais de vários tipos foram protocoladas na Venezuela e 1.676 mandados de prisão foram expedidos.

Twitter


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade