Publicidade

Estado de Minas GENEBRA

OMS: é 'imperativo' proteger saúde e pessoal sanitário no conflito Israel-Gaza


17/05/2021 12:32

A proteção das infraestruturas médicas e do pessoal de saúde é "um imperativo em qualquer circunstância" - declarou o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, nesta segunda-feira (17), em um primeiro comentário sobre o conflito entre Israel e o movimento palestino Hamas.

"É fundamental que as normas humanitárias internacionais sejam totalmente respeitadas", frisou Tedros.

"Exorto os líderes de todas as partes a garantirem o respeito destas leis vitais", acrescentou.

O confronto que já dura uma semana entre Israel e o Hamas, que controla a Faixa de Gaza, deixou mais de 200 mortos no lado palestino, vítimas dos bombardeios israelenses.

Já os grupos armados palestinos, entre eles o Hamas, dispararam mais de 3.150 projéteis contra Israel desde o início das hostilidades. Dez pessoas morreram no lado israelense.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade