Publicidade

Estado de Minas SINGAPURA

Singapura reforça medidas sanitárias após alta de casos de covid-19


14/05/2021 07:50

Singapura divulgou, nesta sexta-feira (14), uma série de restrições para conter o recente aumento de casos de covid-19 no território, onde, durante meses, quase não se registrou contágios locais.

A partir del domingo, os restaurantes poderão funcionar apenas com serviço para entrega, estarão proibidas as reuniões ao ar livre de mais de duas pessoas e visitas em domicílio se limitarão também a duas pessoas, anunciaram as autoridades em entrevista coletiva.

Em vigor até 13 de junho, estas medidas são similares às impostas no ano passado durante um confinamento parcial que representou um duro golpe à economia do país. No ano passado, entrou-se na pior recessão de sua história.

Nas últimas semanas, o número de casos de coronavírus aumentou, e as autoridades registraram vários focos, entre eles um de 46 pessoas no aeroporto, principalmente funcionários.

Depois de um confinamento parcial e de uma campanha rigorosa de detecção e de rastreamento, a covid-19 desapareceu quase completamente em Singapura. Nos últimos meses, não se anunciou qualquer caso de transmissão local.

Este aumento dos contágios locais ameaça a "bolha aérea" entre Singapura e Hong Kong, prevista para 26 de maio.

Com 5,7 milhões de habitantes, Singapura registrou até o momento 61.000 casos e 31 mortes relacionadas ao coronavírus, números muito baixos se comparados ao restante do mundo.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade