Publicidade

Estado de Minas LONDRES

COP26, 'última esperança' para limitar aquecimento global (presidente)


13/05/2021 21:59

A cúpula sobre o clima COP26, que será celebrada em novembro em Glasgow, Escócia, é a "última esperança" para impedir um aumento descontrolado das temperaturas do planeta, segundo trechos de um discurso que o presidente do evento, Alok Sharma, deverá fazer nesta sexta-feira (14).

"Confio no fato de que os dirigentes mundiais estarão à altura do acontecimento e não desperdicem seu encontro com o destino", segundo trechos do discurso de Sharma, distribuídos à imprensa.

Esta cúpula - que reunirá os dirigentes de 196 países, bem como empresas e especialistas - constitui, segundo o deputado britânico, a "última esperança" para manter o aumento das temperaturas abaixo de 1,5°C, o limite que, se for superado, deixará fora de controle as mudanças climáticas, segundo os cientistas.

De acordo com as Nações Unidas, as emissões deveriam diminuir em cerca de 8% ao ano para o aquecimento global não passar do 1,5°C previsto no acordo de Paris, o que equivaleria a reduzir a cada ano até 2030 a mesma quantidade de emissões que durante a pandemia.

"Alok Sharma tem muita razão" de querer "manter o objetivo de limitar o aquecimento do planeta a 1,5 grau", comentou Kate Blagojevic, encarregada do clima no Greenpeace.

"Este objetivo deve permanecer no espírito de todos os dirigentes do mundo e sustentar todas as decisões que adotarem", acrescentou, "mas para se seja realidade, cada país deve intensificar sua ação a partir de agora, a começar pelo Reino Unido".

O discurso que Sharma prevê fazer está concentrado particularmente na dependência do carvão, uma "tecnologia velha" que considera já estar no "passado".

Inicialmente prevista para novembro de 2020, a cúpula sobre o clima COP26 foi adiada por causa da pandemia. Apesar de vários países temerem que seus representantes não possam assistir pessoalmente às discussões, devido à situação sanitária e apesar dos apelos a organizá-la on-line, o Reino Unido assegurou que ocorrerá fisicamente.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade