Publicidade

Estado de Minas PEQUIM

Grupo Alibaba anuncia prejuízo trimestral de US$ 1,17bi após multa recorde

Empresa foi acusada de abuso de posição dominante e recebeu a multa no mês passado de 18,2 bilhões de yuanes (2,78 bilhões de dólares)


13/05/2021 11:06 - atualizado 13/05/2021 11:24

(foto: AFP / GREG BAKER)
(foto: AFP / GREG BAKER)
O grupo chinês de internet Alibaba anunciou nesta quinta-feira (13/5) um prejuízo de 1,17 bilhão de dólares no último trimestre de seu ano fiscal, que inclui uma multa antimonopólio recorde na China.

A empresa, fundada por Jack Ma, foi acusada de abuso de posição dominante e recebeu a multa no mês passado de 18,2 bilhões de yuanes (2,78 bilhões de dólares), um valor que representa 4% de seu volume de negócios de 2019.

As agências reguladoras puniram o grupo por suas práticas comerciais consideradas desleais, especialmente sobre a exclusividade imposta aos comerciantes para vender seus produtos em suas plataformas, em detrimento de outros sites.

Sem a multa, o Alibaba teria registrado um lucro de 26,21 bilhões de yuanes (mais de 4 bilhões de dólares), informou o grupo, que tem sede em Hangzhou (çeste).

Apesar dos problemas com as autoridades chinesas, o Alibaba expressou otimismo para 2021, "levando em consideração o potencial" do mercado chinês. O grupo espera alcançar uma receita de 930 bilhões de yuanes (144,2 bilhões de dólares).

Alibaba também está presente no setor de finanças, por meio da filial Ant Group, dona do Alipay, um aplicativo para smartphone muito utilizada na China para pagar as compras.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade