Publicidade

Estado de Minas ISTAMBUL

Polícia de Istambul prende dezenas de manifestantes no Dia do Trabalho


01/05/2021 10:27

A polícia turca prendeu neste sábado dezenas de pessoas que tentaram organizar uma passeata em Istambul por ocasião do 1º de Maio, apesar da proibição de manifestações devido à pandemia de coronavírus.

Pelo menos 100 manifestantes foram detidos quando tentavam se aproximar da praça Taksim, local habitual de protestos, e em outros bairros, incluindo a popular avenida Istiklal.

Os policiais recorreram à violência para impedir e deter os manifestantes.

A Associação de Advogados Contemporâneos de Istambul, especializada na defensa de casos considerados politicamente sensíveis, informou que 170 pessoas foram detidas.

Desde 29 de abril, a Turquia impõe um rígido confinamento devido à terceira onda epidêmica de covid-19.

Ao menos 394 pessoas morreram vítimas da doença na sexta-feira.

As detenções durante o Dia do Trabalho são comuns na Turquia.

A praça Taksim é um local habitual de reunião nesta data e confrontos são registrados com frequência, desde que 34 pessoas foram assassinadas na área em 1º de maio de 1977, em um período agitado da história moderna da Turquia.

Ao menos 11 pessoas foram detidas em Ancara durante uma tentativa de manifestação.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade