Publicidade

Estado de Minas MOSCOU

Rede de escritórios do opositor Navalny é declarada 'extremista' na Rússia


30/04/2021 09:04

A rede de escritórios regionais do opositor russo Alexei Navalny foi adicionada à lista de organizações "extremistas e terroristas" - anunciou o serviço russo de Inteligência Rosfinmonitoring nesta sexta-feira (30).

Em seu comunicado, este serviço informou que atualizou sua lista de "organizações e indivíduos" que participaram de "atividades extremistas e terroristas" e que, nela, agora aparecem os escritórios de Navalny.

Essa lista já inclui centenas de nomes de organizações e personalidades russas e estrangeiras, como os grupos jihadistas Al-Qaeda e o Estado Islâmico.

O anúncio foi feito no momento em que a Justiça russa estuda uma ação legal para reconhecer as organizações Navalny como "extremistas".

Se essa demanda da Promotoria for aceita, as atividades das organizações do principal crítico do Kremlin estarão proibidas. Com isso, seus membros e apoiadores poderão ser condenados a longas penas de prisão.

Diante dessa possibilidade, os 37 escritórios regionais de Navalny anunciaram, na quinta-feira, que estavam se dissolvendo.

Nesta sexta, a polícia russa prendeu um advogado que defende as organizações de Navalny e que era responsável por vários casos de espionagem, informou sua equipe no aplicativo de mensagens Telegram.

Ivan Pavlov é acusado de "divulgar informações sobre uma investigação preliminar", crime que pode ser punido com três meses de prisão, segundo a organização Komanda 29 dirigida por ele.

Os escritórios do advogado em São Petersburgo também foram alvo de operações de busca por parte da polícia.

Sua organização defende os russos acusados em casos de traição, ou de espionagem, e também a rede de escritórios regionais do Fundo de Luta contra a Corrupção de Navalny.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade