Publicidade

Estado de Minas JUBA

Bispo italiano é ferido a tiros no Sudão do Sul


27/04/2021 17:54

Um bispo católico italiano foi ferido a tiros no centro de Sudão do Sul e após o ocorrido cerca de 30 membros da diocese local foram detidos, anunciaram as autoridades locais nesta terpa-feira (27).

Christian Carlassare, de 43 anos, sacerdote por 11 anos no estado de Junqali e nomeado pelo papa bispo da diocese de Rumbek em 8 de março passado, foi atacado por dois homens armados que atiraram contra ele várias vezes em sua residência diocesana.

O bispo foi ferido nas pernas e, após ser atendido, se encontra estável, segundo a congregação dos Missionários Combonianos, à qual pertence o monsenhor Carlassare.

Segundo o portal de notícias da Santa Sé, Vatican News, está fora de risco e foi internado em Nairóbi, Quênia.

William Kogi, ministro interino de Informação do Estado de Lagos, da qual Rumbek é capital, disse à AFP que dois homens tinham entrado no recinto da diocese e em seguida no edifício que abrigava os sacerdotes e atiraram apenas contra Carlassare. "Era o único alvo", afirmou.

Ele acrescentou que 35 suspeitos foram detidos, entre eles um ex-bispo provincial da diocese, sacerdotes e seguranças.

"Membros do clero foram detidos para ser investigados porque havia disputas de influência dentro da diocese", explicou.

O papa Francisco "foi informado do ataque e reza" pela vítima, disse o porta-voz do Vaticano, Matteo Bruni, à Vatican News.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade