Publicidade

Estado de Minas GENEBRA

Qualquer outra decisão sobre o caso Floyd 'teria sido uma negação da justiça', diz Bachelet


21/04/2021 10:11

Qualquer veredito diferente da condenação do policial Derek Chauvin pelo assassinato de George Floyd nos Estados Unidos "teria sido uma negação da justiça", considerou nesta quarta-feira (21) a alta comissária da ONU para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet.

"Para inúmeras vítimas afro-americanas e suas famílias, nos Estados Unidos e em todo o mundo, a luta pela justiça continua. A batalha para conseguir levar à Justiça esses casos de uso excessivo da força ou de assassinato por parte da polícia e, ainda mais, ganhá-los, está muito longe de acabar", acrescentou Bachelet em um comunicado.

Bachelet considerou que a impunidade dos policiais que matam e violam os direitos humanos "deve acabar" e pensa que "medidas ainda mais enérgicas devem ser tomadas para evitar mais assassinatos arbitrários".

"Como infelizmente constatamos nos últimos dias e semanas, as reformas das forças de segurança através dos Estados Unidos não são suficientes para impedir que as pessoas de origem africana sejam assassinadas", afirmou Bachelet.

De modo mais geral, ela acredita que o caso Floyd demonstra "o quanto resta fazer para que o racismo sistêmico que afeta as vidas dos afrodescendentes diminua".


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade