Publicidade

Estado de Minas WASHINGTON

Biden diz que a situação de Navalny é 'totalmente injusta'


17/04/2021 18:23

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse neste sábado (17) que Alexei Navalny, crítico do Kremlin preso, estava em uma situação "totalmente injusta". Os médicos alertaram que ele pode ter uma parada cardíaca a qualquer momento, devido a sua greve de fome em protesto contra as más condições da prisão.

"É totalmente, totalmente injusto", afirmou Biden a repórteres, em resposta a uma pergunta sobre a alegada piora de Navalny em uma colônia penal russa.

Navalny, de 44 anos, sobreviveu a um envenenamento no ano passado que o deixou em coma. O opositor acusou o Kremlin e os serviços de segurança russos de serem os responsáveis, mas Moscou nega.

Em sua cidade natal, Wilmington, no estado de Delaware, onde está passando o fim de semana, Biden mencionou o "envenenamento e depois a greve de fome" de Navalny em sua resposta aos jornalistas, quase inaudível por trás de sua máscara.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade