Publicidade

Estado de Minas HAIA

Agência Europeia de Medicamentos dará parecer sobre vacina Janssen na terça


16/04/2021 14:20

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) planeja dar seu parecer sobre a vacina Janssen da farmacêutica americana Johnson & Johnson na terça-feira, depois que a distribuição do imunizante foi interrompida nos Estados Unidos e na União Europeia devido a coágulos sanguíneos.

Em nota, a EMA explicou que realizará na terça "uma coletiva de imprensa virtual após o término da avaliação após um alerta de segurança sobre a vacina Janssen".

As autoridades de saúde dos EUA recomendaram na terça-feira "uma pausa" no uso da Johnson & Johnson para investigar a ocorrência de casos graves de coágulos sanguíneos em várias pessoas nos Estados Unidos.

"A EMA investiga todos os casos detectados e vai decidir se uma ação regulatória é necessária", informou.

A vacina da Johnson & Johnson está licenciada na União Europeia (sob o nome Janssen), mas ainda não foi administrada.

O laboratório, por sua vez, decidiu adiar a implantação de sua vacina na Europa, onde foi o quarto a obter autorização da EMA no mês passado.

"Enquanto o estudo está em andamento, a EMA continua a acreditar que os benefícios da vacina (Johnson & Johnson) na prevenção da covid-19 superam os riscos de efeitos colaterais", ressaltou o organismo.

A americana Johnson & Johnson deveria entregar 55 milhões de doses à UE no segundo trimestre.

As vacinas AstraZeneca e Johnson & Johnson, baseadas na mesma tecnologia, são suspeitas de causar coágulos sanguíneos em casos raros.

O uso da vacina AstraZeneca foi drasticamente restringido na maioria dos países da UE devido a possíveis casos de trombose, e a Dinamarca anunciou na quarta-feira que está renunciando definitivamente a ela.

JOHNSON & JOHNSON


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade